Notícias

7 Junho 2019

Yisa e Aquino dispensados do tetracampeão nacional

O central nigeriano Yisa e o médio brasileiro Aquino são os únicos jogadores dispensados pelo técnico Dragan Jovic, do plantel do 1º de Agosto, tetracampeão nacional e vencedor da Taça de Angola em futebol sénior.

Jovic mantém, ainda assim a espinha dorsal da época transacta para a presente temporada, cujo objectivo é a conquista do penta campeonato.

Contratados no consulado do sérvio Zoran Maki,Yisa e Aquino não se adaptaram aos métodos de trabalho do técnico de nacionalidade bósnia, daí a razão de não constarem da lista de eleitos para os próximos compromissos da equipa.
Em Janeiro de 2018, a formação militar contratou o “possante” defesa nigeriano, por um período de quatro meses. Já o brasileiro, chegou ao Rio Seco por indicação de Geraldo, ex-companheiro de equipa no Curitiba do Brasil. De acordo com as estatísticas, Aquino disputou 13 jogos como titular, ao passo que o nigeriano fez apenas seis. O regresso do luso nigeriano Ibukun, e a contratação do avançado vindo do Congo Democrático determinaram a dispensa de ambos, sobretudo pelo facto de os regulamentos de inscrições permitirem inscrever somente seis jogadores estrangeiros e utilizar cinco.
Contactado pelo Jornal de Angola, Ivo Raimundo Traça, treinador-adjunto do 1º de Agosto, afirmou que ambos não atingiram a totalidade de jogos como titulares indiscutíveis.
“O futebol tem este lado negativo no final de cada campeonato. Aquino e Yisa não tiveram a mesma sorte dos restantes companheiros de equipa. Espero que sejam felizes nos clubes que eventualmente possam representar”, salientou.
Questionado sobre as novas aquisições para o plantel, Ivo Traça remeteu-se ao silêncio e sustentou:”o segredo é a alma do negócio. Assim que tivermos tudo acertado com os jogadores, damos a conhecer à comunicação social os nomes dos novos rostos do clube”, acrescentando que as prioridades recaem na defesa, meio campo e ataque. 
Prosseguindo, assegurou: “o único que vem do estrangeiro é o avançado. Os outros são jogadores do Girabola.”
Na formação militar, a equipa técnica agendou para o dia 1 de Julho a abertura das “oficinas”, com a realização dos habituais exames médicos. Dois dias depois, o campeão angolano arranca com os trabalhos de campo, no Estádio França “Ndalu”, sendo que o estágio de pré-época tem como palco a cidade de Benguela. 
“Nas últimas três temporadas, Benguela tem sido o local privilegiado para prepararmos a equipa, tendo em vista os desafios que se avizinham. As condições são bastante agradáveis, desde o alojamento, à alimentação, passando pelos campos de treino e clima”, concluiu.

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 1º de Agosto 1º de Agosto 40
2 Petro de Luanda Petro de Luanda 39
3 Académica do Lobito Académica do Lobito 28
4 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 28
5 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 28
6 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 26
7 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 24
8 Williet S.C Williet S.C 22
9 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 20
10 Sporting de Cabinda Sporting de Cabinda 18
11 Kuando Kubango FC Kuando Kubango FC 18
12 Ferrovia do Huambo Ferrovia do Huambo 15
13 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 15
14 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 12
15 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 12
16 1º de Maio de Benguela 1º de Maio de Benguela 8
Patrocinador Oficial ZAP
© 2020 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software