Notícias

7 Junho 2019

Yisa e Aquino dispensados do tetracampeão nacional

O central nigeriano Yisa e o médio brasileiro Aquino são os únicos jogadores dispensados pelo técnico Dragan Jovic, do plantel do 1º de Agosto, tetracampeão nacional e vencedor da Taça de Angola em futebol sénior.

Jovic mantém, ainda assim a espinha dorsal da época transacta para a presente temporada, cujo objectivo é a conquista do penta campeonato.

Contratados no consulado do sérvio Zoran Maki,Yisa e Aquino não se adaptaram aos métodos de trabalho do técnico de nacionalidade bósnia, daí a razão de não constarem da lista de eleitos para os próximos compromissos da equipa.
Em Janeiro de 2018, a formação militar contratou o “possante” defesa nigeriano, por um período de quatro meses. Já o brasileiro, chegou ao Rio Seco por indicação de Geraldo, ex-companheiro de equipa no Curitiba do Brasil. De acordo com as estatísticas, Aquino disputou 13 jogos como titular, ao passo que o nigeriano fez apenas seis. O regresso do luso nigeriano Ibukun, e a contratação do avançado vindo do Congo Democrático determinaram a dispensa de ambos, sobretudo pelo facto de os regulamentos de inscrições permitirem inscrever somente seis jogadores estrangeiros e utilizar cinco.
Contactado pelo Jornal de Angola, Ivo Raimundo Traça, treinador-adjunto do 1º de Agosto, afirmou que ambos não atingiram a totalidade de jogos como titulares indiscutíveis.
“O futebol tem este lado negativo no final de cada campeonato. Aquino e Yisa não tiveram a mesma sorte dos restantes companheiros de equipa. Espero que sejam felizes nos clubes que eventualmente possam representar”, salientou.
Questionado sobre as novas aquisições para o plantel, Ivo Traça remeteu-se ao silêncio e sustentou:”o segredo é a alma do negócio. Assim que tivermos tudo acertado com os jogadores, damos a conhecer à comunicação social os nomes dos novos rostos do clube”, acrescentando que as prioridades recaem na defesa, meio campo e ataque. 
Prosseguindo, assegurou: “o único que vem do estrangeiro é o avançado. Os outros são jogadores do Girabola.”
Na formação militar, a equipa técnica agendou para o dia 1 de Julho a abertura das “oficinas”, com a realização dos habituais exames médicos. Dois dias depois, o campeão angolano arranca com os trabalhos de campo, no Estádio França “Ndalu”, sendo que o estágio de pré-época tem como palco a cidade de Benguela. 
“Nas últimas três temporadas, Benguela tem sido o local privilegiado para prepararmos a equipa, tendo em vista os desafios que se avizinham. As condições são bastante agradáveis, desde o alojamento, à alimentação, passando pelos campos de treino e clima”, concluiu.

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 1º de Agosto 1º de Agosto 3
2 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 3
3 Sporting de Cabinda Sporting de Cabinda 3
4 Kuando Kubango FC Kuando Kubango FC 3
5 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 3
6 Petro de Luanda Petro de Luanda 1
7 Williet S.C Williet S.C 1
8 1º de Maio de Benguela 1º de Maio de Benguela 0
9 Académica do Lobito Académica do Lobito 0
10 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 0
11 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 0
12 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 0
13 Ferrovia do Huambo Ferrovia do Huambo 0
14 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 0
15 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 0
16 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 0
Patrocinador Oficial ZAP
© 2019 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software