Notícias

4 Janeiro 2018

Treinador dispensa Bugos e Adó Pena

Selecção Na­cional de Honras de futebol

Com 2100 minutos de inten­sa preparação, a Selecção Na­cional de Honras de futebol realiza, hoje às 16h00, no Está­­dio Nacional da Cidade­la, a 20ª sessão de treino em 16 dias de trabalhos, tendo em vista a disputa da 5ª edição do Campeonato Africano das Nações (CHAN), a disputar-se de 13 do corrente a 4 de Fevereiro, no Reino de Marrocos.

Antes do início dos treinos, o técnico Srdjan Vasiljevic mantém a habitual reunião de15 minutos, com os jogadores e colaboradores, para abordar o programa de preparação dos Palancas Negras.
Logo a seguir a mini-conferência, os atletas são submetidos a exercícios físicos, como alongamentos, abdominais e corridas à volta do campo, com o acompanhamento de perto dos técnicos-adjuntos Miroslav Ma­kimo­siv, Silvestre Pelé e Love Cabungula. 
Na segunda parte da preparação, Srdjan Vasiljevic incide os trabalhos da equipa nacional na melhoria dos aspectos tácticos, principalmente as movimentações rápidas e a pressão em torno do portador da bola, criando espaços vitais em termos ofensivos e marcar os atacantes com grandes probabilidades de continuarem o processo ofensivo.
A encerrar a sessão de trei­no, o técnico sérvio vai trabalhar demoradamente a finalização com os avançados Kaporal, Moco e Fofó, na perspectiva de os três jogadores melhorarem neste pormenor.

Eleitos para o CHAN

Ontem, em conferência de imprensa, Srdjan Vasiljevic anunciou os 23 jogadores para a disputa do CHAN do Marrocos, deixando de fora por opção técnica, os avançados Bugos (Petro de Luan­da) e Adó Pena (Sagrada Esperança).
Ambos não convenceram a equipa técnica liderada por Vasiljevic, no treino colectivo e no jogo de controlo com o Domant do Bengo.
Para a \"operação\" Agadir, o seleccionador leva três guarda-redes, oito defesas, nove médios e quatro avançados. Landu, Jotabé e Rui (guarda-redes); Nari, Mira, Wilson, Tó Carneiro, Lito, Medá, Adilson e Depaizo (defesas); Celson Barros, Paty, Mano Calesso, Almeida, Manguxi, Herenilson, Chiló e Vá (médios); Fofó, Job, Moco e Kaporal (avançados)
Na concorrida conferência de imprensa, o treinador dos Palancas Negras referiu que foi criterioso na selecção dos 23 eleitos: \"Os rapazes mostraram um grande carácter, para constarem dos convocados. Não foi fácil, tanto é que só agora definimos os jogadores para o campeonato\", salientou Srdjan Vasiljevic.
Quanto à ambição da equipa nacional, o técnico sérvio adiantou que o objectivo passa por fazer uma boa campanha na prova.\"Vamos dar o nosso melhor, para estarmos na segunda fase do torneio. Penso que, com o trabalho que está a ser desenvolvido, é possível o alcance dos objectivos\".
No domingo, a Selecção Nacional ruma para Marrocos no máximo da sua força. O embarque acontece às 5h30, escalando o local dos jogos por volta das11h30.

Amistoso

Em terras marroquinas, a Selecção Nacional tem agendado um jogo particular com a Guiné Conacri, na próxima terça-feira. Frente ao Sily National da Guiné, Srdjan Vasiljevic vai aproveitar para afinar a táctica da equipa, tendo em conta o jogo de estreia no dia 16, diante do Burkina Faso, pontuável para o Grupo D. “Temos tudo acertado com a selecção guineense. Felicitámos a Fe­deração Guineense de Futebol por ter aceite o nosso convite”, garantiu ao Jornal de Angola o vice-presidente da FAF, Adão Costa.
No seio dos jogadores, a convicção é forte e todos estão à volta do grande objectivo, como refere o central Wilson.\"Estamos sempre com o pensamento positivo. Temos de enaltecer o trabalho que o corpo técnico tem vin­do a realizar até ao momento. Estamos com um excelente grupo. Um por todos e todos por um é o lema. Estou preparado e concentrado no objectivo que perseguimos\", assegurou o jogador do Petro de Luanda.
Além do Burkina Faso, Angola joga na primeira fase do torneio, com os Camarões e Congo Brazzaville. Wilson mostra-se confiante numa boa estreia ante os Cavalos burquinabes. \"Queremos iniciar a prova da melhor forma possível. Vamos fazer de tudo, para não defraudar as expectativas dos nossos adeptos\".
É o terceiro CHAN de An­gola, depois do vice-campeonato em 2011, no Sudão. Em 2016, a Selecção Nacional fracassou na prova disputada, no Ruanda.

 

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 1º de Agosto 1º de Agosto 65
2 Petro de Luanda Petro de Luanda 62
3 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 53
4 Kabuscorp Palanca Kabuscorp Palanca 50
5 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 48
6 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 48
7 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 41
8 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 41
9 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 41
10 1º de Maio de Benguela 1º de Maio de Benguela 40
11 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 33
12 Progresso da Lunda Sul Progresso da Lunda Sul 32
13 Académica do Lobito Académica do Lobito 30
14 JGM do Huambo JGM do Huambo 30
15 ASA ASA 26
16 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 20
Patrocinador Oficial ZAP
© 2018 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software