Notícias

25 Abril 2020

Petro redobra trabalho para manter a forma

Longe dos holofotes do corpo técnico, os jogadores da equipa de futebol do Petro de Luanda redobram os trabalhos de preparação em ambientes fechados, com o intuito de manter a forma física, depois da suspensão do campeonato nacional de futebol da I divisão, Girabola ZAP ’2019/20, devido à propagação da Covid-19.

Semanalmente, os atletas recebem através do WhatsApp ou por vídeo-conferência, o plano de preparação da equipa, como salienta o técnico António Cosano. “Os jogadores mantêm os treinos caseiros, enquanto durar o Estado de Emergência no país. Estamos em contacto permanente com os atletas todos os dias, através das tecnologias de informação. A mensagem é passada aos integrantes do plantel, por intermédio do preparador físico”, garantiu ao Jornal de Angola.

Depois da vitória no Luena sobre o FC Bravos do Maquis (0-3), no passado dia 21 de Março, em jogo referente à 25ª jornada da prova, o treinador espanhol diz que nunca mais conviveu com os jogadores e faz hoje o 35º dia.” Faz tempo que não vejo os meus atletas. As saudades são enormes e espero reencontrá-los o mais breve possível e abraçá-los”, admitiu António Cosano.

Sem quaisquer casos clínicos, apesar de os treinos serem caseiros, o técnico diz que tem à sua disposição os jogadores do plantel da presente época futebolística. “Não temos nenhum problema clínico. Embora os trabalhos decorram à distância, o grupo está completo. E espero que continue até ao fecho do campeonato”.

Crença no título

Para chegar ao tão ambicionado título, a formação petrolífera tem quatro jogos decisivos, sendo dois caseiros e igual número fora de portas.
Na 26ª jornada, o Petro de Luanda recebe o 1º de Agosto, depois desloca-se à vila de Calulo, onde defronta o Recreativo do Libolo. Logo a seguir recepciona a Académica do Lobito, finalizando o campeonato em Cabinda, frente ao Sporting local.

António Cosano reconhece que são desafios difíceis, sublinhando que a formação tricolor é obrigada a vencer os encontros que restam para resgatar o campeonato que escapa há 10 anos. “Tenho consciência das dificuldades que iremos encontrar, mas temos de assumir as nossas responsabilidades. Tudo faremos para continuar na liderança e vencer o Girabola. Se queremos ser campeões, temos de obrigatoriamente ganhar ao 1º de Agosto. Mas, não será uma tarefa facilitada, porque o adversário também vai querer ganhar “.

Fonte: Jornal de Angola

 

Classificação

Pos Clube Pts
1 Petro de Luanda Petro de Luanda 57
2 1º de Agosto 1º de Agosto 54
3 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 43
4 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 38
5 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 34
6 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 34
7 Académica do Lobito Académica do Lobito 34
8 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 33
9 Williet S.C Williet S.C 31
10 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 30
11 Kuando Kubango FC Kuando Kubango FC 23
12 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 23
13 Sporting de Cabinda Sporting de Cabinda 22
14 Ferrovia do Huambo Ferrovia do Huambo 21
15 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 16
16 1º de Maio de Benguela 1º de Maio de Benguela 9
Patrocinador Oficial ZAP
© 2020 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software