Notícias

7 Maio 2018

Petro de Lunda derrota Interclube

O Petro de Luanda regressou ontem às vitórias, ao derrotar o Interclube, por 2-1, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em jogo de cartaz da 14.ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola ZAP.

A partida  mais aguardada da ronda, colocou frente a frente duas equipas campeãs. Obrigados a ganhar, os petrolíferos entram determinados e sufocaram nos minutos iniciais os polícias.  
Postura que permitiu a Carlinhos, médio tricolor, inaugurar aos oito minutos, com golo de cabeça, o marcador. Aos 61 minutos, Kaporal igualou na etapa complementar para a formação da Polícia Nacional, para aos 67,  Tony num excelente gesto técnico selar o registo em 2-1.   
Com este resultado, o Petro conseguiu o quarto triunfo na prova, enquanto o Interclube somou a segunda derrota consecutiva com os principais rivais na luta pelo título do Girabola.   
Para a mesma jornada, o Desportivo da Huíla deslocou-se à cidade de Caxito, província do Bengo, onde conseguiu um "precioso" ponto ao empatar a uma bola diante do Domant FC, no Estádio Municipal do Dande.
Milton, do Desportivo da Huíla, abriu o marcador próximo do intervalo, mas na etapa complementar Cabibi fez a igualdade.
Durante o tempo regulamentar, as equipas falharam algumas oportunidades de golo, com realce para a formação da casa.
Na sequência da ronda, a Académica do Lobito recebe hoje, às 15h00, o Recreativo da Caála no Estádio do Buraco, com arbitragem do juiz Pedro dos Santos.
Os anfitriões assumem o favoritismo na luta pelos três pontos e querem manter a hegemonia no seu reduto, enquanto os forasteiros pretendem somar o primeiro triunfo no “mítico” recinto do Buraco desde que ascenderam ao Girabola. 
No histórico entre as equipas, no Lobito, o Caála perdeu em três ocasiões e empatou duas vezes. 
Na edição passada do Girabola, a Académica venceu o adversário, por 2-1, no estádio do Buraco.  
Na quarta-feira, às 18h00, o Kabuscorp do Palanca defronta o FC Bravos do Maquis no Estádio Municipal dos Coqueiros, com ligeiro favoritismo dos anfitriões, apesar da sua posição na tabela classificativa, mas têm de se acautelar para evitar o sabor amargo da derrota.
Depois da retirada dos seis pontos devido ao litígio com o brasileiro Rivaldo, o Kabuscorp caiu para a 11.ª posição da tabela classificativa, com 13 pontos, enquanto o Maquis está no oitavo lugar, com 15. Um jogo que se espera equilibrado durante o tempo regulamentar devido ao rigor  táctico imposto pelo técnico Zeca Amaral, do FC Bravos do Maquis, quando joga com as equipas de dimensão superior à sua.  
A jornada fica concluída dia 27 deste mês, às 17h30, com o desafio entre 1.º de Agosto e Sagrada Esperança, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, devido ao envolvimento dos militares na Liga dos Clubes Campeões Africanos de Futebol.   
No sábado à tarde, a ronda foi marcada pela derrota do Recreativo do Libolo diante do Cuando Cubango FC, por 0-1, no estádio da vila de Calulo, província do Cuanza-Sul. O golo foi apontado por Mussa.
Noutro desafio da ronda, o Sporting de Cabinda venceu o 1.º de Maio de Benguela, por 2-0, no estádio Mbuco Mabel. 

 

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 Petro de Luanda Petro de Luanda 30
2 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 29
3 Kabuscorp Palanca Kabuscorp Palanca 28
4 1º de Agosto 1º de Agosto 24
5 Académica do Lobito Académica do Lobito 23
6 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 22
7 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 19
8 Sporting de Cabinda Sporting de Cabinda 19
9 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 18
10 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 17
11 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 16
12 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 15
13 Kuando Kubango FC Kuando Kubango FC 14
14 1º de Maio de Benguela 1º de Maio de Benguela 14
15 Domant FC Domant FC 14
16 JGM do Huambo JGM do Huambo 3
Patrocinador Oficial ZAP
© 2018 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software