Notícias

27 Dezembro 2018

Petro de Luanda surpreendido em casa

O Petro de Luanda registou ontem a primeira derrota no Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola'2018/2019, ao perder com o FC Bravos do Maquis, por 0-2, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, em jogo de acerto da 7ª jornada.

O desafio começou com futebol incaracterístico de ambas as partes, com realce para os tricolores que jogaram na condição de anfitriões. Depois do período menos bom do jogo, Mussumari rematou forte a 35 metros da baliza bateu o guarda-redes Gerson Barros, do Petro de Luanda, e inaugurou o marcador, aos 18 minutos, com largas culpas para o sector defensivo do Petro, que permitiu o remate do médio ofensivo do Maquis. 
O avançado Chico, me-lhor marcador do Girabola, com seis tentos, marcou o segundo do Maquis na etapa complementar. 
Com a entrada de Tony, Karanga e Carlinhos no Petro, o conjunto de Beto Bianchi passou a chegar mais vezes ao ataque e criou constantes perigos para a baliza da formação do Moxico, mas o  seu sector defensivo conseguiu conservar a vantagem.
O técnico Zeca Amaral montou um esquema defensivo que dificultou todas as acções ofensivas dos tricolores. A equipa do Eixo Viário também revelou um conjunto com falta de eficácia dos  dianteiros. Na parte final do desafio desperdiçou várias oportunidades para marcar, no mínimo para igualar o desafio.
O histórico dos jogos entre si é bastante favorável aos tricolores, que nos 12 encontros oficiais contra o FC Bravos do Maquis venceram por onze  ocasiões contra uma do adversário. Com esta derrota, o Ma-quis interrompeu o ciclo de triunfos do Petro, desde 1998 no Girabola em Luanda, e ascendeu ao quarto lugar, com 14 pontos.
A equipa do Eixo Viário caiu para quinta posição da tabela classificativa, com 11 pontos, e desperdiçou a oportunidade de encostar-se ao Kabuscorp do Palanca no segundo lugar com 14.
No outro desafio de acerto para a sexta jornada do Girabola, marcada para ontem, o Saurimo FC falhou a deslocação para a província do Huambo por falta de transporte, onde deveria jogar com o Recreativo da Caála. A aeronave do projecto Catoca continua em terra, a aguardar pela licença para voar.
Com mais esta situação, o Conselho Técnico Desportivo da Federação Angolana de Futebol (CTD da FAF) deve remarcar uma próxima data para o desafio. O Caála encontra-se na zona aflita, no 13º lugar da tabela classificativa, com oito pontos, enquanto a formação da Lunda-Sul segu-ra a “lanterna vermelha” na 16ª posição com cinco.

  Progresso e Desportivo antecipam jornada

Progresso Sambizanga e Desportivo da Huíla abrem hoje, às 17h00, no Estádio Municipal dos Coqueiros,  a disputa da nona jornada do Girabola 2018/19, a pedido da formação “sambila.”
Com o objectivo de garantirem a permanência  ainda no primeiro turno do campeonato, “sambilas” e “militares” da Região Sul disputam um jogo de elevado grau de dificuldade e favoritismo repartido, visto que os contendores focalizam os seus intentos na conquista dos três pontos.
Na condição de visitado, o Progresso procura a segunda vitória caseira, depois do feito alcançado na terceira jornada diante do Recreativo da Caála, ao vencer por 3-1, em Luanda.
À semelhança da equipa anfitriã, o Desportivo da Huíla persegue o segundo triunfo fora de portas, depois de ter derrotado o Santa Rita do Uíge, por 0-1, no Estádio 4 de Janeiro,  para a sétima jornada da competição. 
Ambas com dez pontos, o Progresso ocupa a sexta posição, ao passo que o Desportivo da Huíla vem logo a seguir, com os mesmos pontos. Na ronda passada, os sambilas empataram (1-1) diante do Interclube, enquanto os militares da Região Sul venceram, por 2-0, a Académica do Lobito.

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 1º de Agosto 1º de Agosto 67
2 Petro de Luanda Petro de Luanda 63
3 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 50
4 Kabuscorp Palanca Kabuscorp Palanca 49
5 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 41
6 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 41
7 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 39
8 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 37
9 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 36
10 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 36
11 Sporting de Cabinda Sporting de Cabinda 30
12 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 29
13 Académica do Lobito Académica do Lobito 28
14 ASA ASA 26
15 Kuando Kubango FC Kuando Kubango FC 23
16 Saurimo FC Saurimo FC 21
Patrocinador Oficial ZAP
© 2019 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software