Notícias

28 Junho 2018

Petro afasta 1º de Agosto da liderança do Girabola ZAP.

O Petro de Luanda assumiu, ontem, a liderança do Girabola ZAP, com 35 pontos, após derrotar o FC Bravos do Maquis, por 1-0, golo de Tiago Azulão, no Estádio Nacional 11 de Novembro, na partida de encerramento da 19ª jornada do campeonato.

A equipa tricolor, orientada pelo brasileiro Roberto Bianchi, tem a seu favor o maior saldo de golos (23-07), em relação ao arqui-rival 1º de Agosto (16-05), que viram o adversário anular a desvantagem de quatro pontos, nas duas últimas jornadas.
Pressionado pela necessidade de vencer, de modo a não deixar escapar a hipótese de assumir a liderança, o Petro de Luanda chamou a si o comando do jogo, mas sem discernimento suficiente para se colocar à frente no marcador. 
A postura defensiva do Bravos do Maquis, comandado por Zeca Amaral, dificultou a tarefa aos petrolíferos, que ganharam espaço com o golo, porque o adversário apostou numa toada ofensiva, para restabelecer a igualdade.
O empate (0-0) dos detentores do título, diante da Académica do Lobito, terça-feira no mesmo recinto, fez crescer o interesse dos adeptos, que aguardam pelo desfecho da próxima jornada, na qual os rubros e negros vão ser postos à prova frente ao Kabuscorp do Palanca.

Corrida ao topo

À procura de um melhor posicionamento no pelotão da frente do Girabola, o Interclube venceu, sem contemplações, o Cuando Cubango FC, por expressivos 4-0, resultado que permite aos polícias reacenderem as esperanças de conquista do título.
Derrotada na deslocação ao reduto do Sagrada Esperança, por 1-2, a equipa do Rocha Pinto recuperou dois pontos ao bi-campeão 1º de Agosto, numa tarde inspirada de Kaporal, autor de dois golos, depois de saltar do banco de suplentes. Os pupilos de Pau-lo Torres reforçaram a tercei-ra posição, com 30 pontos, quando o conjunto de Menongue, 19, baixou para o 11º lugar.
O Desportivo da Huíla, também afinado no registo dos empates, à semelhança dos militares do Rio Seco, somaram o segundo consecutivo, diante do Progresso Sambizanga (0-0). A formação huilana segue no quinto posto, 25 pontos, e os sambilas saltaram para o décimo, com 20.
Colocado no oitavo lugar, 22 pontos, o Recreativo do Libolo foi impotente diante do Kabuscorp do Palanca, sexto classificado, 23, ao perder em casa, por 1-2, com o golo que desfez a igualdade a ser apontado nos derradeiros instantes do desafio.
Aflito na cauda da tabela, o Recreativo da Caála, 14º, 15 pontos, perdeu em casa frente ao Sagrada Esperança, sétimo, 23, por 1-2. O conjunto diamantífero procura melhorar a sequência de resultados na prova, depois de um período de inconsistência competitiva.
Numa espécie de baile de equipas que fogem da zona melindrosa da classificação, o Domant FC, 15º, 14 pontos, e 1º de Maio de Benguela, 13º, 17, empataram a um golo, resultado que penaliza os visitados, pelo desperdício na disputa com um adversário do seu campeonato.

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 1º de Agosto 1º de Agosto 33
2 Petro de Luanda Petro de Luanda 30
3 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 28
4 Kabuscorp Palanca Kabuscorp Palanca 25
5 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 22
6 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 20
7 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 18
8 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 18
9 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 17
10 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 17
11 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 17
12 Académica do Lobito Académica do Lobito 15
13 ASA ASA 15
14 Sporting de Cabinda Sporting de Cabinda 15
15 Saurimo FC Saurimo FC 13
16 Kuando Kubango FC Kuando Kubango FC 11
Patrocinador Oficial ZAP
© 2019 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software