Notícias

28 Junho 2018

Petro afasta 1º de Agosto da liderança do Girabola ZAP.

O Petro de Luanda assumiu, ontem, a liderança do Girabola ZAP, com 35 pontos, após derrotar o FC Bravos do Maquis, por 1-0, golo de Tiago Azulão, no Estádio Nacional 11 de Novembro, na partida de encerramento da 19ª jornada do campeonato.

A equipa tricolor, orientada pelo brasileiro Roberto Bianchi, tem a seu favor o maior saldo de golos (23-07), em relação ao arqui-rival 1º de Agosto (16-05), que viram o adversário anular a desvantagem de quatro pontos, nas duas últimas jornadas.
Pressionado pela necessidade de vencer, de modo a não deixar escapar a hipótese de assumir a liderança, o Petro de Luanda chamou a si o comando do jogo, mas sem discernimento suficiente para se colocar à frente no marcador. 
A postura defensiva do Bravos do Maquis, comandado por Zeca Amaral, dificultou a tarefa aos petrolíferos, que ganharam espaço com o golo, porque o adversário apostou numa toada ofensiva, para restabelecer a igualdade.
O empate (0-0) dos detentores do título, diante da Académica do Lobito, terça-feira no mesmo recinto, fez crescer o interesse dos adeptos, que aguardam pelo desfecho da próxima jornada, na qual os rubros e negros vão ser postos à prova frente ao Kabuscorp do Palanca.

Corrida ao topo

À procura de um melhor posicionamento no pelotão da frente do Girabola, o Interclube venceu, sem contemplações, o Cuando Cubango FC, por expressivos 4-0, resultado que permite aos polícias reacenderem as esperanças de conquista do título.
Derrotada na deslocação ao reduto do Sagrada Esperança, por 1-2, a equipa do Rocha Pinto recuperou dois pontos ao bi-campeão 1º de Agosto, numa tarde inspirada de Kaporal, autor de dois golos, depois de saltar do banco de suplentes. Os pupilos de Pau-lo Torres reforçaram a tercei-ra posição, com 30 pontos, quando o conjunto de Menongue, 19, baixou para o 11º lugar.
O Desportivo da Huíla, também afinado no registo dos empates, à semelhança dos militares do Rio Seco, somaram o segundo consecutivo, diante do Progresso Sambizanga (0-0). A formação huilana segue no quinto posto, 25 pontos, e os sambilas saltaram para o décimo, com 20.
Colocado no oitavo lugar, 22 pontos, o Recreativo do Libolo foi impotente diante do Kabuscorp do Palanca, sexto classificado, 23, ao perder em casa, por 1-2, com o golo que desfez a igualdade a ser apontado nos derradeiros instantes do desafio.
Aflito na cauda da tabela, o Recreativo da Caála, 14º, 15 pontos, perdeu em casa frente ao Sagrada Esperança, sétimo, 23, por 1-2. O conjunto diamantífero procura melhorar a sequência de resultados na prova, depois de um período de inconsistência competitiva.
Numa espécie de baile de equipas que fogem da zona melindrosa da classificação, o Domant FC, 15º, 14 pontos, e 1º de Maio de Benguela, 13º, 17, empataram a um golo, resultado que penaliza os visitados, pelo desperdício na disputa com um adversário do seu campeonato.

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 4
2 Saurimo FC Saurimo FC 4
3 Petro de Luanda Petro de Luanda 4
4 1º de Agosto 1º de Agosto 4
5 Kabuscorp Palanca Kabuscorp Palanca 4
6 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 4
7 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 3
8 Académica do Lobito Académica do Lobito 3
9 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 1
10 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 1
11 ASA ASA 1
12 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 1
13 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 1
14 Kuando Kubango FC Kuando Kubango FC 1
15 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 0
16 Sporting de Cabinda Sporting de Cabinda 0
Patrocinador Oficial ZAP
© 2018 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software