Notícias

9 Julho 2017

Militares escorregam no Estádio do Buraco

Girabola ZAP

A formação da Académica do Lobito voltou a ceder pontos numa partida em que tinha tudo à sua mercê. Bateu o pé diante do candidato ao título, o 1º de Agosto, que teve de se empenhar ao fundo para arrancar um precioso ponto que serviu para consolidar a liderança na prova. 

O jogo que contou para a 19ª jornada do GirabolaZap2017 foi corrido e que valeu pelas emoções e os golos rubricados ao longo dos 90 minutos.

Com um arranque titubeante, depressa os estudantes despertaram e bateram o pé diante dos militares do clube deo Rio-seco que sofreram, a bom sofrer, para, no fim, minimizar aquela que constituiria num "enguiço" autêntico. 

A jogar daquela maneira, o empate já foi bom para as ambições dos comandados o bósnio Dragan Josic, que, afinal, contaram uma ajudinha do árbitro que fez "vista grossa" a ma falta de Geraldo (mão à bola) que, no minuto 90’+5’, cruzou para a cabeçada de Rambé.

Ainda assim, foi um golo que, apesar de preceder de uma falta, serviu para premiar o esforço empreendido pelos agostinos que, ao longo dos 90’ criaram inúmeras situações para marcar. 

Conseguiram um com a ajuda de Romualdo Baltazar que até estava a realizar uma boa arbitragem. "Brilhou" em demasia e acabou por ofuscar a qualidade da sua actuação.

Os estudantes rubricaram o seu tento no minuto 65, por intermédio de Giresse que, na disputa do lance com os defesas contrários. Foi um golo vivamente festejada pelos adeptos que, de imediato, passaram por apupar às iniciativas ofensivas do 1º de Agosto que se tornara cada vez perigosa para os intentos dos anfitriões. 

Foi uma autêntica pressão militar sobre o reduto dos estudantes que, no fim, acabaram por ceder. "Maldita" cabeçada do cabo-verdiano Rambé que, diga-se de passagem, estragou tudo.

Choros e protestos tomaram conta da situação que culminou com as arruaças, com os adeptos afectos à equipa da casa a responsabilizarem o árbitro pelo desfecho da contenda. 

A Policia Nacional foi chamada para intervir e evitou, digamos, um mau maior que por pouco não resultou em tragédia. Um jovem de aparente 16 anos foi atingido nas pernas por uma bala dispersa, com todo o local a cheirar à pólvora e gás de efeito moral soltado no estádio.


ARBITRAGEM
Romualdo Baltazar
sem punir Geraldo


A actuação da arbitragem liderada pelo ex-árbitro FIFA, Romualdo Baltazar, até certa altura, esteve bem. Roçou à perfeição, não fosse no lance que antecedeu ao golo do empate do 1º de Agosto  já no declinar da contenda. Um golo polémico que, até certo ponto, acabou por influenciar no desfecho da contenda. Deixou o estádio do Buraco sob fortes medidas de segurança montado pelos agentes da Polícia Nacional destacados no local dos acontecimentos. Ainda assim e por aquilo que foi a sua actuação pautou-se pela mediana, pelo que mereceu da nossa parte  nota 6.


MELHOR EM CAMPO
Bobó em grande


O central de marcação Bobó revelou-se num autêntico patrão no sector defensivo. Esteve na maior parte dos lances que envolveu a sua equipa que mesmo na altura em que os estudantes estiveram em vantagem, o congolês democrático esteve implacável e contribuiu para o empate suado da sua equipa que, diga-se, fê-lo por merecer. Aliás, foi a equipa que mais se aplicou em campo e acabou por evitar a derrota. Tudo, graças a forte intervenção de Bobó.


OPINIÕES


Académica do Lobito José Silvestre “Pelé”   
“Fomos prejudicados pelo árbitro”

"Realizámos uma boa partida de futebol. As duas equipas bateram-se bem, foi pena que a arbitragem não ajudou. Esteve mal e fomos prejudicados, por isso. Foi pena não termos ganho, aliás, daquela forma, não é possível ganhar os ditos grandes do nosso GirabolaZap2017. O país viu e agora que tirem as devidas ilações sobre aquilo que constituiu o espectáculo aqui protagonizado. Estou triste, infelizmente".   


Técnico-adjunto do 1º de Agosto Ivo Traça 
"Académica merecia vitória”

"Jogámos contra uma equipa difícil e que se bateu bem durante o jogo. Não tremeu e provou que sabe jogar a bola, por isso, merecia a vitória que até esteve a seu alcance. Infelizmente, o jogo tem dessas coisas. O 1º de Agosto não tem culpa daquilo que aconteceu (entenda-se a falha do árbitro), marcou o golo e evitou a derrota. Antes um ponto que nada. Os adeptos que tenham a calma que a vida não acaba por morrer uma andorinha".

Fonte: jornal dos desportos

 

Classificação

Pos Clube Pts
1 1º de Agosto 1º de Agosto 65
2 Petro de Luanda Petro de Luanda 62
3 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 53
4 Kabuscorp Palanca Kabuscorp Palanca 50
5 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 48
6 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 48
7 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 41
8 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 41
9 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 41
10 1º de Maio de Benguela 1º de Maio de Benguela 40
11 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 33
12 Progresso da Lunda Sul Progresso da Lunda Sul 32
13 Académica do Lobito Académica do Lobito 30
14 JGM do Huambo JGM do Huambo 30
15 ASA ASA 26
16 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 20
Patrocinador Oficial ZAP
© 2017 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software