Notícias

6 Outubro 2017

Luta pelo troféu torna escaldante a ponta final

Girabola ZAP

A ponta final do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola Zap, promete ser bastante empolgante, principalmente no despique para a conquista do título de campeão, entre o 1º de Agosto e o Petro de Luanda, os maiores emblemas desportivos  do país, com 10 e 15 títulos conquistados, respectivamente, em 39 edições.

A faltarem quatro jornadas para o fim do campeonato, os dois colossos do futebol estão numa renhida disputa pela conquista do ceptro. Com 26 jornadas cumpridas, os dois candidatos e arqui-rivais desportivos estão separados por dois escassos pontos, a favor dos militares. Os restantes quatro jogos são encarados pelos duas agremiações como autênticas finais, pois ambas sabem que qualquer deslize pode ser fatal.
Aparentemente, o 1º de Agosto tem tarefas mais complicadas, pois tem pela frente dois  opositores teoricamente ao seu nível, Interclube e Kabuscorp do Palanca, que podem tornar difícil a vida a Dragan Jovic e pupilos. 
Os militares medem forças com os polícias na 27ª jornada, no dia 14 do corrente, e encerra o campeonato diante dos palanquinos, jogos que podem decidir o seu destino.
Mas, pelo meio, tem confrontos com equipas que precisam desesperadamente de pontos, jogos que os militares devem encarar sem sobranceria, sob pena de  hipotecarem as hipóteses de tornarem-se bicampeões nacionais. Até à conclusão da prova, o conjunto do Rio Seco faz todas as partidas em Luanda, sendo dois como anfitrião (Progresso da Lunda-Sul e Kabuscorp) e os outros como visitante (ASA e Interclube). 
As dificuldades dos rubros e negros são mais acrescidas, pelo facto de terem pela frente três dérbis, jogos com características especiais, onde não há favoritos nem vencedores antecipados.

Mais desafogado 

Do lado dos tricolores, a empreitada é aparentemente menos complicada, pois pela frente têm adversários teoricamente menos capazes, sendo que a tarefa mais complicada é a deslocação ao terreno do Sagrada Esperança, na 28ª jornada. O desafio frente aos diamantíferos pode ser decisivo nas contas finais. Beto Bianchi e pupilos são obrigados a contrariar o favoritismo caseiro dos opositores, que ainda não esqueceram, certamente, a humilhação da primeira volta, contundentes 5-1.
Antes recebe na 27.ª jornada o Bravos do Maquis e depois tem a visita do FC Santa Rita (29ª jornada) , para fechar a competição no reduto do 1º de Maio de Benguela, desafios que tem a obrigação de vencer. Mas, os católicos, que já carimbaram o regresso à segunda divisão, já não têm nada a perder, pelo que devem ser levados a sério, para evitar surpresas desagradáveis. 
O mesmo se pode dizer do jogo com os proletários, que estão à procura de um lugar mais consentâneo com o seu estatuto, pelo que vão seguramente oferecer resistência  e não darão os pontos de bandeja.
Com estes condimentos, antevê-se uma ponta final escaldante, com  a incerteza a imperar provavelmente, quanto ao vencedor da competição, até à derradeira jornada, o que aumenta as expectativas dos adeptos semana a semana. 
À entrada da 27.ª jornada, o 1º de Agosto comanda a competição, com 58 pontos, e o Petro de Luanda está na segunda posição, com menos dois.
Renhida vai ser  igualmente a luta pela permanência entre cinco agremiações, casos da Académica do Lobito (27 pontos), ASA (23 pontos), Progresso da Lunda-Sul (23 pontos) e JGM (21 pontos). Uma destas equipas vai fazer companhia ao já despromovido Santa Rita de Cássia.
A Académica do Lobito está mais perto da permanência, bastando-lhe que empate os quatro jogos, ao passo que os restantes são quase obrigados a ganhar todos os jogos para assegurarem a continuidade entre os “grandes” do futebol nacional.

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 1º de Agosto 1º de Agosto 59
2 Petro de Luanda Petro de Luanda 59
3 Kabuscorp Palanca Kabuscorp Palanca 47
4 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 47
5 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 45
6 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 43
7 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 40
8 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 38
9 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 35
10 1º de Maio de Benguela 1º de Maio de Benguela 34
11 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 29
12 Académica do Lobito Académica do Lobito 27
13 Progresso da Lunda Sul Progresso da Lunda Sul 26
14 ASA ASA 26
15 JGM do Huambo JGM do Huambo 21
16 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 17
Patrocinador Oficial ZAP
© 2017 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software