Notícias

5 Março 2018

Libolo goleado e campeão caiu no Lobito

Ao golear por 5-0, o Recreativo do Libolo, o Kabuscorp do Palanca assumiu, a condição, com 9 pontos, a passagem da quarta jornada, a liderança da 40ª edição do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola Zap, numa ronda em que o bicampeão 1º de Agosto, perdeu por 1-0, frente à Académica do Lobito, no Estádio de Ombaka, em Benguela.

Favorito, o Kabuscorp fez jus a esta condição no Estádio Municipal dos Coqueiros, onde na primeira parte, com golo de Nari, 1-0, foi ao intervalo em vantagem. Em fase de desinvestimento, o Libolo, tetracampeão, títulos ganhos em 2011, 2012, 2014 e 2015, não conseguiu suster o ímpeto ofensivo do Kabuscorp, vencedor do Girabola 2013. 
Dos cinco golos dos palanquinos, sendo quatro na etapa complementar, dois foram apontados pelos reforços, Aruna, de nacionalidade camaronesa, e Calero, argentina. Dr Lami e Magola, ambos oriundos da República Democrática do Congo (RDC), também fizeram o gosto ao pé. 
O desafio ficou ainda marcado pela expulsão do defesa central Diew, do Libolo, por acumulação de cartões.
Em Benguela, pressionado a somar os três pontos, o 1º de Agosto não conseguiu se impor. Lourenço, marcou o golo do triunfo, aos 14 minutos, aproveitando uma desconcentração do guarda-redes Neblú, após cobrança de um livre, numa espécie de pontapé de canto.  
Com o regresso do capitão Dani Massunguna e do médio ofensivo Buá, o 1º de Agosto foi incapaz de exibir-se com qualidade convincente para ultrapassar os adversários bem moralizados. 
Os anfitriões, que já tinham observado os militares no desafio com o Progresso Sambizanga na ronda anterior documentaram-se melhor e cumpriram com o planificado pelo técnico Rui Garcia Sampaio. 
Na primeira volta da edição anterior do Girabola Zap, a equipa do Rio Seco venceu os “estudantes” do Lobito, por 2-0, no estádio do Buraco, ao passo que na segunda os militares levaram um “susto” ao empatarem a uma bola na capital.
A jornada ficou marcada pela primeira vitória do Sagrada Esperança no Girabola Zap. O triunfo foi sobre o Recreativo da Caála, por 3-1, no estádio da cidade do Dundo, capital da Lunda-Norte. 
Pelos diamantíferos apontaram os golos Luís Tati, Adó Pena e Filipe, ao passo que Careca marcou o tento de honra da equipa visitante. Na etapa complementar, Adilson, do Caála,  foi expulso por acumulação de cartões amarelos. Na presente edição o Sagrada soma já duas derrotas e um empate. 
Em Cabinda, Sporting venceu o JGM do Huambo, por 1-0, no Estádio Muco Mabele, no município de Buco Zau, sendo o segundo triunfo caseiro na prova. Enquanto a equipa forasteira consentiu a segunda derrota fora do seu habitat.
No final do jogo, o treinador Zé Águas da Silva, do JGM do Huambo, reclamou da marcação do horário da partida devido às altas temperaturas registadas no município de Buco Zau.
“Não sei por quê é que nas zonas do litoral os jogos são marcados para as 15h00. É muito quente. Deveriam ter escolhido um outro horário”, disse o técnico.

Sequência da ronda
Para a conclusão da jornada, o Cuando Cubango FC enfrenta hoje, às 15h00, o Interclube, no Estádio Municipal de Menongue. A formação da Polícia  Nacional apesar de jogar no reduto do adversário é a principal favorita à vitória, embora tenha de se acautelar para evitar surpresas.
Sedento de pontos, o Progresso Sambizanga recebe às 16h00, o moralizado Desportivo da Huíla, no Estádio Municipal dos Coqueiros. Um desafio, que promete uma excelente exibição das equipas que lutam pelos cinco primeiros lugares.    
O 1º de Maio encara o Domant FC às 16h00, no Estádio Edelfrides Palhares da Costa “Miau”, na cidade de Benguela. Um jogo entre equipas que lutam pela manutenção no Girabola Zap, razão pela qual se espera um jogo equilibrado durante os 90 minutos regulamentares.
Quarta-feira à tarde, na abertura da ronda, o Petro de Luanda deslocou-se à cidade do Luena, onde conseguiu três preciosos pontos ao derrotar o FC Bravos do Maquis, por 3-0, no estádio Jones Kufuna “Mundunduleno”. 
Os tricolores do Catetão anteciparam o jogo com o Maquis, devido ao encontro na próxima terça-feira à tarde com o Supersport United FC ("Garotos Elegantes" da África do Sul), no Estádio Nacional 11 de Novembro, referente à primeira "mão" dos dezasseis avos de final de apuramento para a fase de grupos da 15ª edição da Taça Nelson Mandela.

 

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 1º de Agosto 1º de Agosto 13
2 Petro de Luanda Petro de Luanda 11
3 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 9
4 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 8
5 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 7
6 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 7
7 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 6
8 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 6
9 ASA ASA 5
10 Kuando Kubango FC Kuando Kubango FC 5
11 Kabuscorp Palanca Kabuscorp Palanca 5
12 Académica do Lobito Académica do Lobito 5
13 Santa Rita de Cássia FC Santa Rita de Cássia FC 4
14 Sporting de Cabinda Sporting de Cabinda 4
15 Saurimo FC Saurimo FC 4
16 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 4
Patrocinador Oficial ZAP
© 2018 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software