Notícias

5 Julho 2018

1º de Agosto perde pontos na recepção ao Sporting

A igualdade (0-0), na recepção ao Sporting de Cabinda, ontem na abertura da 21ª jornada do Girabola ZAP, deixou o 1º de Agosto com a liderança em risco, pois em caso de vitória do Petro de Luanda, diante do Kabuscorp do Palanca, os arqui-rivais voltam a partilhar o topo da classificação.

Numa tarde repleta de jogos, sem a concorrência do Mundial da Rússia, os bi-campeões voltaram a experimentar dificuldades para abrir a defesa de uma equipa que se fecha toda atrás da linha da bola. Nem as mexidas operadas por Zoran Macki, no segundo tempo, desataram o nó feito por Emena Kuazambi, numa clara renúncia das acções ofensivas.
Os constantes cruzamentos para área foram anulados pela defesa dos leões de Cabinda, cuja baliza foi fechada por Langanga, impecável na resposta ao livre executado com mestria, por Mongo, nos instantes finais do desafio. Foi notória, nos rubros e negros, a ausência de Geraldo, agitador do ataque.
A superioridade do 1º de Agosto na posse de bola, mais de 60 por cento, não passou de pólvora seca, porque raras foram as situações de real perigo. O empate deixa os militares do Rio Seco com 39 pontos e a formação verde e branca, 26, colada à Académica do Lobito.

Vitória em casa

Ainda com o foco na discussão do título, o Interclube derrotou o 1º de Maio de Benguela, por 2-0, no Estádio 22 de Junho, numa tarde de inspiração de Mano Calesso, o marcador de serviço. A equipa do Rocha Pinto reforçou o terceiro lugar, com 34 pontos, enquanto os proletários, 17, continuam perdidos na cauda da tabela classificativa.
O Desportivo da Huíla manteve a passada na escolta aos concorrentes instalados no pódio, ao superar em casa o FC Bravos do Maquis, no Lubango, por 1-0. A vitória consolida a quarta posição dos militares da Região Sul, com 31 pontos, quando os maquisardes, apertados por uma crise financeira, da qual resultou já seis salários em atraso, somam 20, no 12º lugar, muito próximo do trio que foge dos restantes dois lugares de despromoção.
Apoiado pelos adeptos, brindados com entradas francas, o Domant FC esvaziou o balão de confiança da Académica do Lobito, equipa distinguida pelo registo de invencibilidade frente aos candidatos 1º de Agosto e Petro de Luanda. O triunfo por 1-0 permitiu à formação do Bengo deixar o último lugar, após atingir os 17 pontos, ao passo que os “estudantes”, 26, controlam o quinto posto.
No Dundo, o Sagrada Esperança conseguiu evitar a derrota frente ao Progresso Sambizanga. O empate (1-1) manteve os lundas na sétima posição, 25 pontos, e os sambilas, 22, dois lugares abaixo na classificação do Girabola.
Assoberbado na cauda da tabela, o Recreativo da Caála deu um passo atrás e assumiu a “lanterna vermelha”, com 16 pontos, ao empatar (0-0), na recepção ao Cuando Cubango FC, décimo, 22 pontos. A equipa do Huambo caminha apressada, para a “Segundona”.
Hoje, no encerramento da jornada, o Petro de Luanda, segundo, 36 pontos, defronta o Kabuscorp do Palanca, 11º com 20, às 16h00, no Estádio Nacional 11 de Novembro, apostado em regressar à liderança, ao passo que o adversário procura superar os efeitos da goleada (0-5), sofrida frente aos detentores do título. Descansa o Recreativo do Libolo.

Fonte: Jornal de Angola

Classificação

Pos Clube Pts
1 Petro de Luanda Petro de Luanda 43
2 Interclube de Luanda Interclube de Luanda 41
3 1º de Agosto 1º de Agosto 40
4 Kabuscorp Palanca Kabuscorp Palanca 39
5 Desportivo da Huíla Desportivo da Huíla 34
6 Académica do Lobito Académica do Lobito 31
7 Sporting de Cabinda Sporting de Cabinda 30
8 Sagrada Esperança Sagrada Esperança 29
9 Recreativo do Libolo Recreativo do Libolo 27
10 Progresso de Sambizanga Progresso de Sambizanga 26
11 FC Bravos do Maquis FC Bravos do Maquis 24
12 Domant FC Domant FC 23
13 Kuando Kubango FC Kuando Kubango FC 22
14 Recreativo da Caála Recreativo da Caála 20
15 1º de Maio de Benguela 1º de Maio de Benguela 19
16 JGM do Huambo JGM do Huambo 3
Patrocinador Oficial ZAP
© 2018 Girabola ZAP. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Bitmaker Software